Jundiaí, Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Quinta reunião da UniTerreiros aconteceu dia 11.


Fique por dentro dos principais assuntos tratados.

Sexta-feira dia 11 de maio aconteceu a quinta reunião com diretoria constituída da Uni-Terreiros.

A reunião ordinária aconteceu no Templo de Umbanda Pai Oxalá e Baiano Sete Porteiras, na Rua Capitão Francisco Copelli, 1.205, Jundiaí Mirim, em Jundiaí, que tem como dirigente o Pai Roberto de Oxalá.

Com intuito de informar a todos que não puderam por algum motivo comparecer, segue os principais assuntos tratados antecedendo a Ata oficial:

•    Cerimônias Religiosas : Agora que estamos devidamente legalizados, todos os terreiros associados poderão celebrar casamentos religiosos com efeito civil dentro dos terreiros, através da Uni-Terreiros. Ou seja, o terreiro mesmo não tendo CNPJ, mas sendo filiado a Uni-Terreiros, irá entrar em contato conosco para se informar o que será necessário para que o Pai ou Mãe de Santo possa efetuar a cerimônia religiosa, emitir uma certidão para o casal que terá efeito civil, não precisando casar em cartório.

•    Trabalho de Praia : Houve a primeira reunião com a Prefeitura Municipal da Praia Grande, onde foi percebido que há um grande interesse para que as federações continuem realizando esse evento anualmente. As primeiras informações foram passadas, a Uni-Terreiros já se cadastrou, está credenciada e poderá trabalhar com todas as licenças (alvará de solo, licença de ônibus, transporte etc.) e pelo que foi percebido, será sim possível um valor mais acessível para os associados na Uni-Terreiros, possam participar. Ainda não temos um valor, nem do praticado no ano passado e nem o desse ano ainda. Mas assim que tivermos iremos passar a todos. Será emitido em 01.julho um decreto e dia 14.junho uma outra reunião será realizada e teremos mais informações. A ideia é que tudo esteja disponível para que ainda esse ano seja possível a nossa participação nos festejos a Mãe Iemanjá (08.dezembro) e para isso, iremos contar com a ajuda de todos, principalmente na questão da divulgação.

•    Evento “Batuque do Bem” : Há 20 dias a Prefeitura despachou o processo, dizendo que não será possível disponibilizar o espaço do Centro Esportivo Romão de Souza, na Colônia, para nenhum tipo de atividade religiosa ou outros eventos culturais, por conta de danos que a quadra vem sofrendo e por ser uma quadra profissional, tem aumentado a frequência da manutenção. Nessa semana teremos uma reunião tanto com o pessoal da cultura quanto o pessoal da educação, para vermos outras possibilidades e tendo uma resposta formal da Prefeitura, sendo negativo, iremos buscar como opções para a realização do evento como o Parque da Uva, a quadra da Escola de Samba da União da Vila, o Dal Santo, etc. Assim que for apresentado os locais de possibilidade iremos abrir nova votação para escolha do local a ser realizado o evento, bem como a NÃO PERMISSÃO DA VENDA DE BEBIDA ALCOÓLICA, visando assim sempre manter a democracia.

•    Representação caso vereador Roberto Conde “Pastor Conde” : Na Câmara Municipal ainda não tivemos resposta, mas no Ministério Público no dia 07.junho, será a primeira audiência de reconciliação na 2ª vara criminal onde o vereador responde ao crime de intolerância religiosa. Não é de nosso interesse retirar seu cargo, dinheiro, etc., mas sim que ele respeite a nossa religião, a nossa comunidade. Nosso pedido principal é que ele se retrate publicamente na Câmara, com aviso prévio de 30 dias, para que possamos nos organizar e estar todo o povo de terreiro presente, num dia de sessão, para que o pedido de desculpas e retratação seja feito.

•    Dia do Candomblé : Teremos 3 aparições. Uma no dia da votação do projeto de Lei Municipal, que o Dr.Paulo Sérgio nos avisará com antecedência para podermos nos organizar e estamos presentes na Câmara. No dia 30 de setembro, para comemorar o dia propriamente dito, e depois em 21 de março, Lei Federal já existente.

•    "Feijuca de Jorge" : Também tivemos a presença do Eduardo (o Festa) e do Sidnei (o Ney) que estão idealizando com a agência NHRD, o evento no Parque da Uva e nos convidando para a “Feijuca de Jorge”. A “Feijuca de Jorge” começou o ano passado Villas Pizza Bar (9 de julho) onde houve lotação máxima. Nesse ano querem aumentar a audiência juntamente com a comunidade negra, agregando duas situações importantes para a cultura brasileira: a feijoada e São Jorge. Nós propusemos a ajudar na venda dos convites e eles irão incluir nosso logo nas divulgações como apoio. O evento será no dia 27 de maio (último domingo desse mês). Os convites custam R$ 50,00 (inteira – criança até 6 anos não pagam – 6 a 12 R$ 30,00) e dá direto ao consumo da Feijoada (livre consumo das 12h às 15h - bebida a parte) e aos shows. O evento começa as 11h e vai até as 21h com presenças já confirmadas dos Amigos da Feijuca, Grupo Na Palma da Mão, Banda Mica Soul e Bateria da Vai-Vai. Além de espaço kids, food truck, um espaço chamado “Causa Preta” com oficina de turbante e a Onix estará fazendo bonequinhas abayomi, entre outros. Os interessados devem fazer o seu pedido até no máximo 4ª feira (23.maio.18), a entrega dos convites será feita mediante a pagamento em dinheiro na 6ª feira (25.maio.18). Procura o Presidente Gihad em seu escritório na Rua Eduardo Tomanik, 385 - sala 43, Edifício Paineiras (Shopping Paineiras). Sabemos que está em cima, mas contamos com a ajuda e presença de todos. Pois no próximo ano, tende a fazer parte de nosso calendário anual de eventos.

•    Estatuto : Até a próxima reunião, teremos os valores gastos (com recibos comprobatórios) que, conforme acordado, será rateado entre os membros da diretoria e quem mais queira ajudar.

•    Homenagem : Dr. Paulo Sérgio ira homenagear a pessoa do Pai de Santo Alexandre Falasco, pois ainda não tínhamos CNPJ quando houve a mudança da legislação que fez, sobre homenagear as entidades da Umbanda e Candomblé. Mas no próximo ano a Uni-Terreiros será homenageada nesse quesito na pessoa que indicarmos.

•    Cadastro no site : Mais uma vez foi reforçada a necessidade de se cadastrar no site. Quem ainda não se cadastrou precisa se cadastrar no site. Além de sabermos quem são os nossos afiliados, precisamos fazer um mapeamento da quantidade de terreiros existentes em Jundiaí e região.

•    Camisetas: Para quem quiser adquirir o custo é apenas o da produção (R$25,00), nos tamanhos P, M, G e GG. Outros tamanhos, favor consulta, pois aumentam o valor. Qualquer pessoa interessa poderá adquiri-la. Os interessados podem procurar a Patrícia e/ou Pai Alexandre para reservar a sua.

•    Próxima reunião : A próxima reunião ficou definida para o dia 11 de junho, às 19h30, no Templo de Umbanda Mamãe Oxum, na Rua Indaiatuba 93, Chácara Santa Marta, Várzea Paulista – SP – CEP 13.222-690.