Jundiaí, Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Nosso Encontro de Março.


Reunião da UniTerreiros discute evento “Batuque do Bem”

A realização do “Batuque do Bem” foi o principal tema da reunião da UniTerreiros que aconteceu na noite desta quarta-feira (14), no Templo de Umbanda Oxumaré e Caboclo Luar da Mata. Ficou definido que o evento será realizado entre os dias 11 e 18 de novembro, dependendo da disponibilidade do Centro Esportivo Romão de Souza, na Colônia.

Definiu-se que o formato do evento contemplará apenas a apresentação das curimbas de casas inscritas na UniTerreiros, confirmadas mediante inscrição prévia. A partir daí, será definido o tempo de apresentação de cada uma.

O objetivo é promover o congraçamento entre os terreiros, difundir a musicalidade das religiões de matriz africana e arrecadar alimentos que serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí. 

Além da parte cultural que será desenvolvida dentro do ginásio, na parte externa do centro esportivo, o Grupo Sol da Cidadania, que realiza um trabalho de atendimento a famílias carentes, será responsável por barracas de alimentação.

Intolerância

O encontro também abordou o ato de intolerância religiosa praticado pelo vereador Pastor Roberto Conde, por ocasião das comemorações do Dia da Umbanda, na Câmara Municipal de Jundiaí. No momento, aguarda-se uma manifestação por parte do vereador, bem como o encaminhamento por parte do Ministério Público, que já foi acionado pela UniTerreiros. 

No mesmo sentido, a entidade também está acompanhando o caso da estudante vítima de discriminação religiosa dentro de uma sala de aula na Escola Antenor Soares Gandra. A Secretária Estadual da Educação já foi acionada e outras providências estão sendo tomadas na esfera jurídica.

A próxima reunião ficou definida para o dia 12 de abril, às 19h30, na Comunidade Afro-religiosa Santa Catarina, na rua César Luís Generali, 20, na Vila Aparecida, em Jundiaí.